target-group-3460039_1920

Não Abra um Ecommerce Antes de Entender Seu Público-Alvo!!!!!

Você conhece bem seu público-alvo?

Essa é uma pergunta simples e que parece até besta, mas que muita gente esquece e ignora. Saber para quem você vende é até fácil se você analisa os relatórios dos seus canais de venda, mas conhecer realmente é bem diferente.

Saber suas dores, seus hábitos de consumo, o que eles consomem nas redes, seu padrão de vida e outras coisas te ajudarão na busca do aumento das suas vendas. Mas como vou fazer isso? Observando!!

Imagine a seguinte situação:

Você vende livros de receitas online, e seu público-alvo são na maioria mulheres que buscam receitas fáceis para cozinhar em seu dia-a-dia. Grande parte desse público são jovens que moram sozinhas e não sabem cozinhar, e querem aprender para justamente ter independência.

Mas você não sabe disso e não observa o comportamento delas, como comentários em suas postagens, que deixa mais evidente a idade e a personalidade apenas pelo tom de voz que elas usam, assim como comentários de indicação, respostas aos e-mails, e até a classificação.

Por causa disso você investe em uma edição com “receitas que te ajudarão na conquista do seu crush”, e faz um mega marketing em cima disso, bastante apelativo, porém, as suas clientes em potencial não gostam muito dessa abordagem e desistem de comprar o livro, achando assim, outra loja do seu interesse.

Tá vendo? Por falta de atenção você acaba perdendo clientes…

Não pense igual o vendedor, pense como se você fosse o cliente, porque é ele que vai te dar lucro.

Outro detalhe importante em relação a público-alvo é a consciência de que você não vai vender para todos os clientes que precisam desse produto.

Uma situação que te vai te ajudar a entender é a seguinte:

Leonardo tem uma empresa de cartuchos de impressora, logo seu público-alvo vão ser pessoas que fazem impressão. Fábio é aluno de uma faculdade e compra os cartuchos para imprimir suas apostilas, mas ele faz isso a cada semestre.

Seu marketing é voltado para esses estudantes, que também são seu público-alvo, mas não dão tanto retorno assim. No final de 1 ano de empresa Leonardo fechou as portas.
O que ele devia ter feito?

Lojas, escritórios, mercados… esses sim são grandes clientes em potencial, que como Fábio, precisam de tinta para impressão, mas em uma escala maior e de tempo regular, afinal são diversas impressões feitas todos os dias.

Não estou falando para você só vender cartuchos para lojas, mas pensar em estratégias que abordam todo mundo. Já ouviu aquela história de que “Se eu vendo para a classe A, a classe B também compra, mas se eu vendo para a classe B, a classe A não vai comprar”, é exatamente isso que acontece, se Leonardo tivesse feito marketing em cima da sua capacidade de venda para lojistas, Fábio iria comprar de qualquer forma, mesmo que seu marketing não seja direcionado diretamente para ele.

Entender essas pequenas coisas faz uma enorme diferença no fim do mês, porque você pode estar perdendo clientes fiéis por não observar que eles são seus clientes ou perder possíveis clientes por pensar muito dentro da caixa.

Já definiu seu público-alvo?? Conta pra gente!
Just

Acompanhe a Just no Instagram e Facebook!

Leave a Comment