office-620817_1920

3 Tendências do Ecommerce para 2021

ECOMMERCE FORTALECIDO

As vendas online continuarão fortalecidas em 2021, levando em consideração a mudança no hábito de consumo dos consumidores.

Muitos clientes que antes não tinham costume de comprar pela internet e tinham um certo receio, descobriram ao longo de 2020, a comodidade e facilidade que é comprar online!

Dados divulgados pela Ebit| Nielsen apontam que no Brasil, o faturamento no primeiro semestre de 2020 teve um aumento de 47% em relação ao mesmo período de 2019.

Mesmo com as pessoas perdendo o medo de sair de casa e voltando a normalidade, as vendas online ainda vão ficar em alta, como a nova e mais prática de se fazer compras, o que também vai fortalecer o Live Commerce.

Segundo especialistas de mercado, essa estratégia pode estourar em 2020, e por mais que estejamos 5 cinco anos atrás do mercado chinês nesse sentido, temos um ambiente favorável para seu sucesso.

A China movimentou cerca de 60 bilhões de dólares em 2019 e as projeções para 2020 são de cerca de 170 bilhões de dólares segundo a IResearch.

Aqui no Brasil o Live Commerce seria como uma inovação do antigo canal de vendas Shoptime por exemplo, só que agora usando smartphones e com a possibilidade do cliente curtir, comentar, compartilhar e é claro, comprar!

E nesse nova tendência, os influenciadores digitais terão papéis importantes para a decisão de compra do cliente.

FORTALECIMENTO DO MARKETPLACE

É quase que um crime não perceber a grande evolução que os marketplaces tiveram nos últimos anos, principalmente em 2020!

Muitos pequenos comerciantes começaram a vender seus produtos/serviços nesses grandes shoppings online, fortalecendo ainda mais seus nomes.

A universalização da internet fez com que empresas como a Amazon, Magazine Luiza, B2W e Mercado Livre investissem pesado em tecnologias, infraestrutura, logística e outros… O que resultou na valorização do mercado.

Segundo a Ebit|Nielsen a participação dos marketplaces no faturamento do ecommerce foi de 78% contra 56% do ano anterior, isso apenas nos 6 primeiros meses.

OMNICHANNEL

Omni, do latim “tudo” e Channel, “canal” é uma estratégia que mistura vários meios de compra em uma única experiência.

O consumidor não percebe que está passando por diversos canais até o fechamento da compra.

Segundo Shirlei Camargo, professora de gestão comercial, a pandemia do Covid-19 acelerou e muito o comércio eletrônico e fez com que pessoas que nunca tinham comprado online, realizassem suas primeiras compras.

E quem são essas pessoas?

Em sua maioridade pessoas com maior idade, acostumadas a comprar pelo método tradicional de varejo, indo na loja, pegando o produto, experimentando e levando-o pra casa.

E isso acaba reforçando um dos principais lados negativos do Ecommerce… a falta de contato com a mercadoria!

A estratégia Omnichannel consegue driblar esse lado negativo, afinal o cliente pode comprar pela internet e retirar seu produto em uma loja física, porque seus dados estão em um sistema único.

Para finalizar, é fato que 2021 será um ano bem desafiador e com algumas incertezas, mas ainda estaremos lutando para permanecermos firmes.

Gostou do conteúdo? Não esqueça de dar um feedback pra gente!
Quer começar o seu Ecommerce mas não sabe como? Venha bater um papo com a gente!
Equipe Just

Leave a Comment